segunda-feira, 25 de março de 2013

Cuba de semi-encaixe

Muitos leitores, quando descobrem que coloquei uma cuba de semi-encaixe no meu banheiro, vem me perguntar o que acho dela. Resolvi, então, que o assunto daria um post! Vamos lá.

Na minha opinião, existem poucas opções de cubas de semi-encaixe no mercado. Uma pena, pois elas possuem uma grande vantagem: ajudam a economizar espaço.

Com os banheiros cada vez menores, muitas vezes não conseguimos encaixar neles uma bancada grande e profunda (como no meu banheiro, por exemplo). Nesses casos a cuba de semi-encaixe pode ser uma boa solução. Como apenas metade da sua profundidade ocupa a bancada, essa pode ser menos profunda. Repare nas imagens abaixo, como a pia, mesmo ficando logo na entrada, não impede a circulação no banheiro.




Quase todas as cubas de semi-encaixe que eu vi são quadradas. Já encontrei uma ou outra redonda na internet, mas não as achei tão bonitas.

Elas também existem em diferentes tamanhos, a que instalei no meu banheiro foi a L830 da Deca (larg. 42cm / prof. 41,5cm / encaixe 28,5cm / alt. 16cm). Considero que ela possui um tamanho razoável. Se pudesse escolher, preferiria uma um pouco maior, pois quando resolvo lavar o rosto de verdade, cai muita água pra fora da bacia... Mas, como dizem por aí, era o que tinha pra hoje. Maior do que isso, comeria muito espaço da minha bancada.

O outro ponto do qual já ouvi pessoas reclamarem, é sobre o caimento da água. Acho que o fundo da pia poderia ser um tantinho mais íngreme pra facilitar sua limpeza. Os cantinhos da cuba costumam ficar com um pouquinho de poeira, que não desce tão facilmente só com o caimento da água. A bem da verdade, só comecei a reparar nisso, depois que li essa reclamação em algum blog. Então posso dizer que não é nada mega incomodativo, não.


Pra finalizar, diria que, se eu pudesse escolher, a cuba de semi-encaixe dos meus sonhos seria a com válvula oculta. Acho-a belélélélérrima, com caimento supimpa e muito chique! Quem sabe um dia! (*suspiro*)






sexta-feira, 22 de março de 2013

Acertos na reforma - parte 1 : : Banheiro

Seguindo o conselho da leitora Paula, resolvi escrever também sobre os acertos na reforma. E pra começar a série, vou falar sobre a aproveitamento do espaço do meu banheiro.

Não fosse a minha prima mega talentosa, meu banheiro não teria ficado tão bacana. É sério, ela tem direito a tomar quantos banhos quiser lá em casa, hehehe. Enfim, o problema era: falta de espaço. Novidade, hein?

No original, o aproveitamento do espaço do banheiro era péssimo! O box, além de apertado, ficava ao lado da coluna do barbará, o que diminuía ainda mais seu espaço interno.

Espaço do box original. Onde vocês veem uma barra de apoio, fica a coluna do barbará.

O restante do espaço era preenchido com uma pia sem bancada e o vaso sanitário. Apesar do cômodo ser pequeno, da maneira como estava, sobraaaava espaço.

Espaço mal aproveitado com pia pequena e vaso sanitário.

Começou, então, a novela da busca pelo melhor preenchimento de cada pedaço de chão. Milhões de plantas desenhadas, trocentas opções e nada me agradava cem porcento. Vejam as opções:

Opção 1

Opção 2

Opção 3

Até que, um belo dia, acordo com zilhõoooes de mensagens no meu celular e uma idéia! De quem, de quem, de quem? Da minha prima, lógico! 

Então ficou assim, o box foi pro fundo, como eu sempre quis, a pia ganhou uma bancada mais fina, só que beeeem mais larga e a privada ficou em frente a ela. Show de bola!!!



Fiquei muito feliz da vida e hoje vivo contente com meu banheirinho com espaço bem distribuído!







Gostaram? Eu AMEI!

quarta-feira, 20 de março de 2013

Ar condicionado de janela? Atenção à inclinação do apoio!!!

Essa é uma dica rápida, mas que pode te poupar muita dor de cabeça.

Quando comprei a janela do meu quarto, já a encomendei com um vão para o condicionador de ar. Na época fiz uma rápida pesquisa na internet pra descobrir os formatos dos aparelhos, de forma que o buraco ficasse com a medida certa, pois eu só pretendia colocar o aparelho no futuro. Além das esquadrias, encomendei também um apoio de alumínio, sobre o qual o condicionador de ar ficaria apoiado.

Aparelho de ar condicionado com base de apoio em alumínio


Eis que o calor infernal e senegalês do Rio de Janeiro não me deixou esperar mais e fui às compras no início do ano. Escolhido o modelo, comprei, encaixei-o no vão na janela e coloquei-o pra funcionar! Qual não foi minha surpresa, quando descobri que a água do aparelho estava escorrendo pela sua base e não pelo dreno na sua traseira.

Corri atrás do manual e descobri que o aparelho precisa ser apoiado na janela com uma inclinação de, pelo menos, 6 cm de altura. Ok, ok. Arrumei uns calços e inclinei o bendito aparelho. Adiantou? É claro que não!
Eis o (cof cof) calço que eu coloquei pra elevar a frente do condicionador de ar


Depois de um vai e vem de técnicos e muito aborrecimento, descobri que a inclinação indicada no manual não é a ideal. Esse modelo precisa ficar ainda mais inclinado que o indicado nas instruções de instalação. Sem falar que a base de alumínio que encomendei veio sem inclinação nenhuma. Se bobear, ela está até um pouquinho inclinada pra frente, o que faz com que meus calços de nada adiantem. Resultado: agora vou ter que correr atrás do fornecedor das janelas, pra ajustar a inclinação da base do condicionador de ar. Sacoooooo!!!

Então, fiquem atentos! Quando contratarem alguém pra fazer um buraco na sua parede pro seu aparelho de ar condicionado ou quando comprarem esquadrias de alumínio pra servir de base pra ele, lembrem-se da inclinação!

#ficaadica

segunda-feira, 18 de março de 2013

Era uma vez um basculante na cozinha...

Algumas pessoas não sabem, mas eu já sabia, você não pode fazer muitas mudanças na fachada do seu prédio, seja a de frente ou a de fundos. O mesmo acontece com as áreas comuns, como halls e corredores. Toda convenção de condomínio costuma ter regras, que você precisa seguir. Então muito cuidado quando você resolver mexer nas suas janelas ou portas.

O que aconteceu comigo poderia ter sido evitado. Foi vacilo meu mesmo. Na verdade eu resolvi correr o risco e acabei tendo que voltar atrás. Mas vamos à história, que vocês não devem estar entendendo nada.

Meu apê no original possuía uma área grande e uma cozinha pequena. Na área, tínhamos uma janela bem alta, de tijolo de vidro (foto abaixo). Acho até que isso não fazia parte do original e foi invenção do meu avô.


Quando decidi aumentar a cozinha, "comendo" um pedaço do espaço da área, essa janela passou a fazer parte da cozinha. Daí que eu resolvi que tijolo de vidro era uma coisa feia e que roubava muita luz. No lugar dele, resolvi colocar uma janela do tipo báscula. Apesar do vidro ser translúcido, ficava mais bonitinho e deixava entrar mais luz.


Pro meu azar, abri essa janelinha e o vizinho a descobriu. E achou que eu estava invadindo sua privacidade, pois a janela ficava muito próxima da janela dele. O que ele não sabia, era que eu não conseguiria nunca olhar pra fora dela, pela sua altura e posição. Então, um belo dia, recebo uma carta do síndico do prédio ao lado, exigindo que eu voltasse a colocar o tipo de janela original. Droguinha!


Infelizmente, tive que voltar pro tijolo de vidro. E como eu tinha alterado o tamanho do vão da janela, os tijolos não couberam exatamente no novo buraco. Ficou assim, como vocês veem na imagem acima. Era uma vez um basculante...

segunda-feira, 11 de março de 2013

Cadeira porta-bolsa

Esbarrei com essa cadeira no restaurante Braserie Brasil, no CCBB do Rio de Janeiro. Achei o máximo!

Uma pequena pesquisa no Google depois, descobri que a cadeira chama-se Cadeira Orvalho e foi concebida pela equipe do Projeto Design Seguro, realizado através de uma parceria entre a Movelaria Paranista e o SENAI-PR.

AMEI!!!

Sei, sei, as fotos não estão lá essas coisas, mas é assim com foto de celular, né? E eu tinha que compartilhar!



E essa é minha bolsinha vermelha penduradita na cadeira :) Luxo só!!!

terça-feira, 5 de março de 2013

Uma pausa pra genialidade

Esse será um post "curtim, curtim". Mas não resisti, quando vi esse banquinho, tive de fotografá-lo pra mostrar pra vocês.



Diz aí, o dono dessa ideia não foi genial???

Posts relacionados - Plugin for WordPress, Blogger...