quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O tanque

Alguém diria que a colocação de um simples tanque poderia ser problemática? Não duvide! Quando se trata de reforma, qualquer coisa pode gerar algum tipo de contratempo.

Pois bem, belo dia, Sr. Ari, nosso bombeiro-eletricista, passou lá na obra pra instalar qualquer coisa que não me lembro mais qual era, e fez a seguinte observação: "Olha, essa parede na qual vocês querem prender o tanque não vai aguentar, não. Ela é de tijolo, um pouco fraca, pode desabar depois de um tempo."

Ai, pra quê???!!! Pra que que ele foi dizer isso???

Começou a novela do: como prender o tanque numa parede fraca?

Lógico que o Ari cantou a pedra, mas também deu uma solução: apoia o tanque num pé de tanque.

Beleza. Só que meu pai não gostou muito da ideia, porque pé de tanque atrapalha qualquer tipo de conserto, que precisa ser feito em encanamento. Tem que arrancar o pé fora e depois colar de novo. Meio sacal.

Aí me lembrei que o tanque da casa dos meus pais fica em cima de um armário. Achei que poderia ser uma boa ideia. Faríamos um armário de alvenaria, apoiaríamos o tanque sobre ele, além de aparafusá-lo na parede e estaria tudo certo.

Tudo certo? Ledo engano. Examinando melhor o tanque, percebemos que ele é abaulado por baixo. Seria difícil fazer uma alvenaria na qual ele encaixasse direitinho. Fora que a posição dele estava muito próxima da tubulação da máquina de lavar e o armário acabaria ficando em cima da saída de água. Blablabla whyskas sachê.

Encurtando a história, que hoje eu tô sem paciência pra escrever, o tanque acabou sendo apoiado num pé mesmo e fim de papo.

Observações importante:
1) O tanque escolhido é o de 28 litros da Incepa. Já tive tanque pequeno e é uma tristeza. Cai água pra tudo que é lado e mal tem espaço pra um balde. Prometi pra mim mesma, que sempre que pudesse, teria tanques grandes!

2) Não se deixe enganar! Existe um tanque da Deca que supostamente teria capacidade para 30 litros, mas que consegue ser menor do que esse que eu comprei. Eu tirei as medidas. Achei tudo muito estranho! Não sei que conta que a Deca fez pra chegar a esse volume de 30 litros...

3) O tanque que comprei tem dois furos nas suas laterais, pra entrada dos parafusos de  fização. Além disso ele também precisa ser preso com umas garras na sua parte de trás. O vendedor da Amoedo jurava de pé junto que as garras não eram mais fabricadas. (Oi???) Até que fomos salvos, no último minuto, pelo gerente da loja, que sabia que isso não era verdade. Pura sorte, hein? Então fiquem atentos! As tais garras existem e são fabricadas por mais de uma empresa.

Fotos do tanque? Fotos do tanque? Vejam a seguir:

A máquina de lavar ficará do lado esquerdo do tanque.

Não sei se vocês se lembram, mas minha área também é um banheiro :P

Com direito a chuveiro e tudo!


12 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Valeu pelo alerta do tanque pequeno!
    A gente sempre acaba achando que, como nosso lugar não é lá, qualquer coisa tá bom.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi exatamente o que pensei da outra vez. Ledo engano. A gente sempre acaba lavando alguma coisa no tanque. :P

      Aliás... eu não tenho empregada, então serei eu mesma sofrendo com água pelo chão. Não mais!

      Excluir
  3. OBRA É SUPER CANSATIVA, EU NA MINHA PRIMEIRA OBRINHA NO APÊ E VC JÁ NO SEU SEGUNDO BLOG DE REFORMAS, ISSO É QUE É CORAGEM RSRSRS... BJS
    areformaemforma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, nem me fale. Pior é que não foi por escolha própria. Foram consequências da vida...
      beijos!

      Excluir
  4. Tb tive uma exaustão para decidir o tanque lá de casa.
    Tudo em uma obra dá trabalho não adianta né?
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo é motivo pra horas de debate mental, porque ninguém quer se arrepender das escolhas depois, né?

      Mas eu juro que faço um exercício psicológico, pra botar na cabeça que nada na vida é definitivo. Aí as escolhas ficam mais tranquilas, saca?

      beijos!

      Excluir
  5. Admiro quem tem a paciência de acompanhar a sua própria obra !!! Eu não sei, acho que ficaria louca em pouco tempo...rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daiana, eu já tive q acompanhar muito mais na primeira obra que fiz. Desta vez, meu pai é que tá tocando, pq estou sem tempo. Morro de pena dele... É de enlouquecer mesmo... estou aqui matutando como retribuir depois :)
      bjos

      Excluir
  6. Oi!! ^^

    Vim te convidar a participar do sorteio que está rolando lá no blog!
    Espero você lá...

    Bjus
    @OMundoDeCaliope

    ResponderExcluir
  7. Nossa!! Muito obrigadíssima... me sinto tão honrada!
    Também adoro seu blog, já sigo faz tempo e acompanho tudo que tu posta! =D (Mesmo não comentando sempre, leio sempre!)

    Fico muuuuuuuuuito feliz de ser recomendada! ^^

    Bjus
    @OMundoDeCaliope

    ResponderExcluir
  8. É cansativo realizar uma reforma e chega a ser até mesmo estressante acompanhar detalhe por detalhe. Mas você verá que, no final, o esforço e o acompanhamento valeram a pena! Boa sorte no resto da reforma. Vamos ficar acompanhando! Abraços!

    ResponderExcluir

Posts relacionados - Plugin for WordPress, Blogger...